DVR via nuvem(p2p)

Porque O Acesso Via Nuvem É Mais Lento Que O Via DDNS?

Porque O Acesso Via Nuvem É Mais Lento Que O Via DDNS?

Atualmente as principais empresas que fabricam dvr, estão disponibilizando o acesso remoto via nuvem em seus equipamentos. A nomenclatura correta seria P2P, mas por motivo de marketing, os fabricantes adotaram Nuvem. Dentre os principais fabricantes podemos citar a Intelbrás, Hikvision, JFL,  Luxvision, Tecvoz, Giga e outras mais. E algumas pessoas que fazem uso deste tipo de serviço, sempre me fazem a mesma pergunta. Porque o acesso via nuvem é mais lento que o Via DDNS?

A intenção dos fabricantes é a de facilitar a configuração por parte do técnico instalador ou mesmo o usuário final. Na maioria dos dvr que tem este serviço, basta ir nas configurações de rede do dvr e deixar tickado como dhcp. Assim o dvr pegará as informações de rede automático. Feito isto, basta verificar no próprio dvr, se está tickado o serviço nuvem ou P2P. Veja um exemplo do dvr wd-4004 da jfl.

Configurando dvr na rede com ip dinâmico

Configurando o dvr na rede por dhcp

Configurando dvr para nuvem(P2P)

Configurando dvr na nuvem(P2P
Configurando dvr na nuvem(P2P

Como veem é muito simples configurar o acesso via nuvem. Por isto é o preferido de muitos técnicos instaladores que não conhecem o mínimo de informática.

O acesso remoto via nuvem não precisa de certas coisas que é fundamental no acesso via ddns. Dentre elas podemos citar o redirecionamento de portas, fixação do ip do dvr, cadastro de um endereço ddns. E isto é claro exige um pouco de conhecimento técnico.

Você deve estar pensando. Para que usar o acesso via ddns sendo o via nuvem é muito mais fácil? Como sempre nem tudo é um mar de flores. Quem usa este tipo de serviço sabe que há certos transtornos vez ou outra, como lentidão das imagens, sumindo ou mesmo não mostrando nenhuma das câmeras. Para entender o porquê precisamos entender como funciona o serviço via nuvem(P2P).

Porque O Acesso Via Nuvem É Mais Lento Que O Via DDNS?

 

Para entender seu funcionamento vamos nos basear na imagem abaixo.


DVR via nuvem(p2p)
DVR via nuvem(p2p)

Como você pode notar, as imagens das câmeras do dvr são enviadas para um servidor na internet. E este servidor pode estar em qualquer lugar do mundo. Veja que mesmo você estando conectado na mesma rede que a do dvr. Você não acessa o dvr diretamente e sim o servidor na internet.

Funciona assim. O seu dvr envia constatemente as imagens para um servidor na internet(nuvem). Então quando você acessa as imagens do dvr, você está acessando o servidor e não o dvr diretamente. Mesmo que você esteja conectado na mesma rede do dvr. E é bom lembrar que o servidor não é exclusivo do seu dvr, podendo existir vários e vários.

Então além do seu dvr estar ocupando uma banda de internet de sua rede, por estar enviando imagens contantemente. As imagens levam um certo tempo até chegar do servidor até o seu celular ou pc.

Provocando o popularmente chamado de câmera lenta. Sem contar que, quando a velocidade de internet é muito lenta, tanto do lado do servidor como a sua, nem chega mostrar as imagens das câmeras. Formando uma tela preta no lugar da imagem da câmera.

Já  o acesso via ddns você acessa o dvr diretamente, mesmo que você esteja em outra rede de internet. É certo que para isto, você precisa de um ddns, redirecionar portas e demais configurações para que o acesso via ddns funciona.

Em conclusão, o acesso via nuvem é muito mais fácil de configurar que o via ddns, pois praticamente não precisa de conhecimento técnico, sendo praticamente intuitivo, mas você tem a desvantagem de não acessar o dvr diretamente. Eu sempre encorajo aos técnico e usuários finais a usar o acesso via ddns, porque alem de ser mais rápido, você fica no controle, quando ocorrer algum problema.

 

 

 

 

Márcio Rosa

Técnico em eletrônica que atua em sistemas de segurança eletrônica desde 1.999. Ampla experiência em instalação e manutenção de alarmes monitorados e convencionais, cftv incluindo o acesso remoto das imagens pelos dispositivos portáteis como os smartphone.

8 thoughts to “Porque O Acesso Via Nuvem É Mais Lento Que O Via DDNS?”

  1. Ola Marcio Rosa sou Ricardo da luxvision, e te Parabenizo pela sua explicação sobre acesso via nuvem e acesso via ddns, tenho muito caso em que o instalado e distribuidor prefere pagar mais caro em uma placa ao simples reparo que sai o tripulo mais barato, e eu sempre aconselho também fazer via ddns do que acessar via nuvem por mais do que seja fácil.

    1. Fico feliz por compartilhar sua opinião para outras pessoas. Assim a qualidade dos serviços do setor de segurança serão cada vez melhores.
      É sempre importante apontar os prós e os contras de um serviço e outro.
      Um abraço e muito obrigado!

  2. Ola Marcio, tenho uma dúvida : Com um servidor de 20 M de up load qual o tempo médio de atraso que eu vejo uma imagem, por exemplo, alguem me interfona e então acesso o celular para ve-la no portão do codomínio, verei uma imagem com alguns segundos de atraso ou minutos ?

    1. Acesso remoto via ddns, costumam ter atraso de segundos. Pois você acessa o dvr diretamente.

      Já o acesso p2p (nuvem). É bem mais lento. Pois o acesso é através de um servidor na internet. O dvr manda uma copia das imagens para o servidor.

  3. Bom dia. Ficaria muito contente em ter seu contato. Estou com meu projeto parada, porque em 15 postos de combustíveis, não ha up de minimo 2mg de UP para monitoramento via plataforma da Camerite. Preciso de solução. 75988351208 abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *